sicnot

Perfil

País

Temperaturas voltam a subir no sábado

© Kieran Doherty / Reuters

O tempo quente e seco está de regresso no fim de semana, estando previstas temperaturas máximas de 39 ou 40 graus e mínimas a rondar os 20.

De acordo com a meteorologista Cristina Simões, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), hoje e sexta-feira as temperaturas descem, mas a partir de sábado volta o calor.

"A partir do fim de semana, as temperaturas máximas voltam a subir, atingindo os 39/40 graus Celsius no interior e até no vale do Tejo vão estar acima de 37. Vamos ter no sábado e no domingo céu pouco nublado ou limpo, vento a soprar mais intenso no litoral e nas terras altas, podendo atingir os 30/35 quilómetros por hora no litoral, em especial durante a tarde", adiantou.

Segundo Cristina Simões, as temperaturas mínimas vão subir no sábado e no domingo, ficando próxima dos 20 graus, podendo em algumas regiões ser superiores.

"No fim de semana vamos ter noites quentes, tropicais", referiu.

No que diz respeito ao início da semana, Cristina Simões indicou que as temperaturas deverão baixar na segunda-feira no litoral e terça-feira no interior.

"O que vamos ter é três ou quatro dias com muito calor e outros tantos em que as temperaturas descem. Vai oscilando", concluiu.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:31

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje, no continente, céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se geralmente muito nublado no litoral a norte do Cabo Raso até meio da manhã e para o final do dia, podendo essa nebulosidade persistir em alguns locais da faixa costeira.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.