sicnot

Perfil

País

Unidade de Coordenação Antiterrorismo passa a funcionar em permanência

A Unidade de Coordenação Antiterrorismo (UCAT), que congrega elementos das secretas, PJ, PSP, GNR, SEF e Polícia Marítima, vai passar a funcionar em permanência e de "modo reforçado", segundo a regulamentação desta estrutura hoje aprovada em Conselho de Ministros.

A regulamentação da organização e funcionamento da UCAT, coordenada pela secretária-geral do Sistema de Segurança Interna, vai dotar esta estrutura que já existe de uma equipa em permanência e reforçar a sua capacidade operacional.

"Com este decreto regulamentar o que se visa é reforçar o apoio operacional a esta estrutura, que já existe, funciona e congrega todas as forças e serviços de segurança", disse a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros.

O reforço da UCAT era uma das medidas previstas na Estratégia Nacional de Combate ao Terrorismo, aprovada em 2015.

Lusa