sicnot

Perfil

País

Mais de 200 bombeiros combatem fogo com uma frente na Guarda

(Arquivo)

PAULO CUNHA

Mais de 200 bombeiros combatem hoje um incêndio florestal no distrito de Guarda, tendo já sido acionados grupos de reforço de Lisboa e de Coimbra, indica a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Segundo a página da internet da ANPC, o incêndio começou à 01:14 de hoje na localidade de Vila Cortês do Mondego, na Guarda, e tem uma frente ativa.

O incêndio, que lavra numa zona de mato, está a ser combatido por mais de 200 operacionais, apoiados por 60 meios terrestres.

A Proteção Civil indica também que um outro incêndio está a lavrar desde 05:35 na localidade de Palheiros, distrito de Coimbra, e mobiliza 104 operacionais e 27 viaturas.

A ANPC refere que, às 07:25, estavam ativos 22 incêndios florestais que mobilizam um total de 630 operacionais e 173 viaturas.

Com Lusa

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11