sicnot

Perfil

País

Bombeiro ferido no combate a incêndio em Abrantes

​O incêndio que deflagrou às 17h00 no perímetro urbano de Portelas, freguesia de Alvega (Abrantes) estava a ser combatido por 147 bombeiros, apoiados por 36 viaturas e três meio aéreos, tendo originado um ferido ligeiro.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém (CDOS), o ferido leve foi "resultado da exaustão" de um bombeiro num combate a um incêndio que "teve início em perímetro urbano, sendo preocupação inicial defender pessoas e habitações".

A mesma fonte referiu que as habitações e as pessoas estão "livres de perigo", o que permitiu "reposicionar todos os elementos para o combate direto" às chamas, que lavram agora em zona de eucaliptal.

"Até ao momento, cerca de 80% do incêndio está em resolução, sendo que as perspetivas de abrandamento do vento e a entrada de humidade perspetivam condições favoráveis para finalizar o restante com o cair da noite", referiu a fonte do CDOS.

Lusa

  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.

  • Se

    Se Jaime Marta Soares tiver razão, se a ciência e as autoridades não forem - outra vez? - manipuladas pelo poder político, se a investigação - independente - concluir que o fogo começou muito antes da trovoada, então, estamos diante de um dos maiores embustes do Portugal democrático.

    Pedro Cruz

  • Governo cria fundo de apoio para as pessoas afetadas pelos incêndios
    1:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O ministro do Planeamento e Infraestruturas reuniu-se esta quarta-feira com os autarcas de Figueró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão  Grande. O Governo criou um fundo financeiro, com o contributo dos portugueses, para apoiar a reconstrução das habitações e a vida das pessoas afetadas pelos incêndios que lavram desde sábado. O fundo será aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros.

  • A reconstrução da Nacional 236
    1:44
  • Harry admite que ninguém na família real britânica quer ser rei ou rainha

    Mundo

    O príncipe Harry admitiu que nenhum dos mais jovens membros da família real britânica quer ser rei ou rainha. Numa entrevista exclusiva à revista norte-americana Newsweek, na qual aborda temas como a morte da mãe, que perdeu com apenas 12 anos, Harry afirma que ele e o irmão estão empenhados em "modernizar a monarquia".

    SIC