sicnot

Perfil

País

CDS desafia PS a esclarecer se está do lado do Presidente ou do PCP e do BE

CDS desafia PS a esclarecer se está do lado do Presidente ou do PCP e do BE

O CDS-PP desafia o Partido Socialista a esclarecer se está do lado do Presidente da República ou do lado do PCP e Bloco de Esquerda. Os centristas reagiram assim ao veto de Marcelo Rebelo de Sousa ao diploma sobre os transportes públicos do Porto.

  • Marcelo reuniu-se com os partidos em Belém
    3:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu em Belém todos os partidos com assento parlamentar. O PS garantiu que não há crise política à vista e mostrou-se confiante num entendimento com os partidos que apoiam o Governo, para a aprovação do Orçamento do Estado para 2017. A Esquerda não se compromete, mas está disposta a ficar ao lado do Governo, se não houver desvios no caminho percorrido até agora.

  • "Não vejo para que é que serviu esta ronda com os partidos"
    2:38

    Opinião

    O Presidente da República reuniu-se com todos os partidos com assento parlamentar para analisar a situação política. O PS diz que acredita em acordo com partidos que apoiam o Governo para a aprovação do Orçamento de Estado. Miguel Sousa Tavares diz que não sabe para que é que "serviu esta ronda com os partidos".

  • PS garante que acordo com a esquerda está firme e é para durar
    0:56

    País

    O PS garante que não há qualquer crise política à vista e que o acordo das esquerdas está firme e é para durar. No final do encontro com o Presidente da República, Ana Catarina Mendes sublinhou que até agora o Governo nunca deixou de cumprir os compromissos com os eleitores, os parceiros de maioria e as instituições europeias.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20