sicnot

Perfil

País

Erasmus do Porto ganham concurso internacional com projeto de casas para Síria

Um grupo de estudantes Erasmus da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP) ganhou o concurso internacional de ideias 'Síria: habitação do pós-guerra', com um projeto de reconstrução habitacional, anunciou esta quarta-feira fonte da FAUP.

O projeto de reconstrução habitacional, intitulado 'Endless Future Project' (Projeto Futuro Contínuo), teve como caso de estudo a cidade de Alepo (Síria) e distinguiu-se pela "profunda análise das tipologias locais de habitação, pela reflexão que sustenta a transição entre o tecido urbano islâmico e as mais recentes construções, e pelo estudo detalhado dos materiais de construção propostos e sistemas de ventilação natural", explicou o júri do concurso.

Os italianos Giulia Gorgo, Alfredo De Luca, Elena Guidetti e a espanhola Marta Gayoso são os jovens estudantes Erasmus, que ganharam o concurso internacional de ideias e que frequentaram o 4.º ano do Mestrado Integrado em Arquitetura da FAUP.

O concurso internacional foi lançado em fevereiro de 2016 pela plataforma 'matterbetter' e desafiava estudantes de arquitetura e jovens arquitetos a apresentar uma proposta de investigação para novos conceitos de habitação para a futura Síria do pós-guerra, tendo recebido um 245 propostas no total, indica a página da Internet do concurso.

O primeiro prémio do concurso tem um valor de três mil euros e certificados e alguns dos critérios de avaliação focaram-se na inovação e originalidade, adaptabilidade a vários grupos de pessoas, sustentabilidade e funcionalidade.

Aos participantes foi-lhes pedido que tivessem em atenção fórmulas de poupança de energia de forma sustentável, construções locais e a cultura da Síria ou que as construções conseguissem ter, a curto prazo, uma solução qualitativa para a habitação social de massa com pelo menos 50 anos ou mais tempo de vida.

A guerra civil na Síria, iniciada em 2011, criou a maior crise de refugiados depois da II Guerra Mundial e, segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, mais de quatro milhões de pessoas terão abandonado aquele país e fugido para a Turquia, Líbano, Jordânia, Iraque e Europa.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.