sicnot

Perfil

País

Erasmus do Porto ganham concurso internacional com projeto de casas para Síria

Um grupo de estudantes Erasmus da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (FAUP) ganhou o concurso internacional de ideias 'Síria: habitação do pós-guerra', com um projeto de reconstrução habitacional, anunciou esta quarta-feira fonte da FAUP.

O projeto de reconstrução habitacional, intitulado 'Endless Future Project' (Projeto Futuro Contínuo), teve como caso de estudo a cidade de Alepo (Síria) e distinguiu-se pela "profunda análise das tipologias locais de habitação, pela reflexão que sustenta a transição entre o tecido urbano islâmico e as mais recentes construções, e pelo estudo detalhado dos materiais de construção propostos e sistemas de ventilação natural", explicou o júri do concurso.

Os italianos Giulia Gorgo, Alfredo De Luca, Elena Guidetti e a espanhola Marta Gayoso são os jovens estudantes Erasmus, que ganharam o concurso internacional de ideias e que frequentaram o 4.º ano do Mestrado Integrado em Arquitetura da FAUP.

O concurso internacional foi lançado em fevereiro de 2016 pela plataforma 'matterbetter' e desafiava estudantes de arquitetura e jovens arquitetos a apresentar uma proposta de investigação para novos conceitos de habitação para a futura Síria do pós-guerra, tendo recebido um 245 propostas no total, indica a página da Internet do concurso.

O primeiro prémio do concurso tem um valor de três mil euros e certificados e alguns dos critérios de avaliação focaram-se na inovação e originalidade, adaptabilidade a vários grupos de pessoas, sustentabilidade e funcionalidade.

Aos participantes foi-lhes pedido que tivessem em atenção fórmulas de poupança de energia de forma sustentável, construções locais e a cultura da Síria ou que as construções conseguissem ter, a curto prazo, uma solução qualitativa para a habitação social de massa com pelo menos 50 anos ou mais tempo de vida.

A guerra civil na Síria, iniciada em 2011, criou a maior crise de refugiados depois da II Guerra Mundial e, segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, mais de quatro milhões de pessoas terão abandonado aquele país e fugido para a Turquia, Líbano, Jordânia, Iraque e Europa.

Lusa

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.

  • Juncker reprova com ironia apoio de Trump

    Brexit

    O Presidente da Comissão Europeia disse hoje com ironia que promoverá a independência do Ohio ou de Austin, no Texas, em relação aos Estados Unidos se o presidente Donald Trump continuar a incitar países europeu a seguirem o Brexit.