sicnot

Perfil

País

IGAS não vai investigar caso de jovem que morreu após 11 idas ao hospital

IGAS não vai investigar caso de jovem que morreu após 11 idas ao hospital

A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde não vai investigar o caso da jovem de Paredes, que morreu com um tumor na cabeça depois de ter sido observada 11 vez nas urgências. A entidade diz que não pode instaurar um processo disciplinar, uma vez que os factos ocorreram há mais de um ano. A jovem de 19 anos morreu em janeiro de 2013, com um tumor que não foi diagnosticado pelos médicos. No Hospital de Penafiel, Sara Moreira foi sempre diagnosticada com um "estado de ansiedade".

  • Obras de remodelação calam Big Ben
    1:18

    Mundo

    Na próxima segunda-feira, os sinos do Big Ben, o famoso relógio de Londres, vão ficar em silêncio. As obras de restauro só estarão concluídas daqui a quatro anos.