sicnot

Perfil

País

"O que faz as nações grandes é o conhecimento"

​Marcelo Rebelo de Sousa, que condecorou com a Ordem da Instrução Pública três personalidades da academia e da ciência em Portugal, defendeu que "o que faz as nações grandes é o conhecimento".

Numa cerimónia no antigo Museu dos Coches, em Lisboa, o chefe de Estado condecorou o médico estomatologista António de Vasconcelos Tavares, que foi vice-reitor da Universidade de Lisboa, o físico Luís Oliveira e Silva, que preside ao Conselho Científico do Instituto Superior Técnico, e o matemático Eduardo Veloso, formador de professores e divulgador de ciência.

Marcelo Rebelo de Sousa apontou-os como "três exemplos de excelência" reunidos na mesma cerimónia. "O que quer dizer isto? O que faz as nações grandes é o conhecimento. É a inventiva, é a pesquisa, é a investigação, é o aprofundamento científico, é a pedagogia desse aprofundamento científico, é a sua divulgação na sociedade", defendeu.

"É isso que faz a diferença entre as nações. E o Presidente da República, que quer naturalmente um Portugal mais progressivo em termos do conhecimento, entende dever galardoar aqueles que tudo fizeram, tudo continuam a fazer e tudo farão para o avanço do conhecimento", acrescentou.

António de Vasconcelos Tavares, antigo diretor da Faculdade de Medicina Dentária de Lisboa, recebeu o grau de Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública. O chefe de Estado enalteceu os seus "anos de dedicação à causa académica, de dedicação científica, de dedicação pedagógica" e destacou a sua passagem pela liderança da Universidade de Lisboa.

A mesma condecoração foi atribuída a Luís Miguel de Oliveira e Silva, que preside ao Conselho Científico ao Departamento de Física do Instituto Superior Técnico. "Tem um percurso cientificamente notável no plano interno e internacional", considerou o Presidente da República, acrescentando que esta distinção "é um galardão à carreira passada, mas é um incentivo à carreira futura".

O matemático Eduardo Veloso, que foi dirigente da Associação de Professores de Matemática (APM), recebeu o título de comendador da Instrução Pública. Marcelo Rebelo de Sousa manifestou-se "muito impressionado" com a sua vida, "que só parcialmente conhecia", e elogiou sua "dedicação de muitas décadas" à pedagogia e à divulgação da matemática.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.