sicnot

Perfil

País

GNR deteve 42 pessoas na última noite, maioria por condução com álcool

A GNR deteve 42 pessoas em várias ações que realizou entre as 20:00 de sexta-feira e as 8:00 de hoje, em todo o país, a maioria por condução sob efeito do álcool.

Segundo a GNR, as ações tiveram como principais objetivo a prevenção e combate à criminalidade violenta e a fiscalização rodoviária.

Em comunicado, a GNR adianta que 17 pessoas foram detidas por condução sob o efeito do álcool, 11 por condução sem habilitação legal e uma por tráfico de estupefacientes.

Durante as operações, foram ainda apreendidas 321 doses de haxixe e uma arma de fogo.

A nível da sinistralidade, a GNR registou, neste período, 119 acidentes, dos quais resultaram um morto, um ferido grave e 51 feridos ligeiros.

Nas ações de fiscalização de trânsito, os militares detetarem 992 infrações, a maioria (456) por excesso de velocidade.

Das restantes infrações, 70 foram por condução com Taxa de Álcool no Sangue superior ao permitido por lei, 43 por falta de inspeção periódica obrigatória, 41 por uso indevido do telemóvel, 36 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança ou cadeirinha e 21 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Lusa

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.