sicnot

Perfil

País

Quatro pessoas detidas no aeroporto de Lisboa depois de invadirem a pista

O aeroporto de Lisboa esteve esta noite temporariamente encerrado, por volta das 20:00 e durante 34 minutos, depois de quatro pessoas de nacionalidade argelina terem invadido a pista. Os invasores acabaram por ser detidos pela PSP. Durante este período, todas as aterragens foram desviadas e as partidas suspensas. A operação aérea já foi entretanto retomada mas há ainda muitos atrasos. Alguns voos acabaram por ser desviados para o Porto, Faro e Madrid.

Atualizado às 23:28

O jornal Público avança que se terá tratado de uma tentativa de imigração ilegal.

"As operações estiveram encerradas durante 34 minutos e alguns voos foram divergidos para Faro e para o Porto", afirmou à Lusa o porta-voz da ANA-Aeroportos de Portugal, Rui Oliveira.

De acordo com um passageiro de um dos voos desviados para o Porto, o comandante comunicou aos passageiros que não ia aterrar em Lisboa "por se encontrarem na pista pessoas não-identificadas que obrigaram a suspender o movimento dos aviões".

Depois de abastecer e já no regresso a Lisboa, o comandante voltou a transmitir a mesma informação aos passageiros.

A ANA não confirma a informação dada pelo piloto e o Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública disse à Lusa "não haver qualquer ocorrência digna de registo".

O PÚBLICO sabe que se terá tratado de uma tentativa de imigração ilegal, com passageiros que viajavam em voo proveniente da Argélia.

Com Lusa

  • A semana em revista

    Mundo

    Com a semana a chegar ao fim, a SIC Notícias apresenta-lhe, num único artigo, os destaques que marcaram a atualidade nos últimos dias. Um espaço onde pode ficar a saber, ou simplesmente recordar, os temas que marcaram a semana noticiosa.

    André de Jesus

  • Registadas mais de 500 queimadas em 12 horas

    País

    A Proteção Civil registou esta sexta-feira, no distrito de Viana do Castelo, entre as 06:00 e as 18:00, 515 queimadas, mais cerca de uma centena das contabilizadas na quinta-feira, sendo que três terão dado origem a incêndios florestais.