sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para cinco suspeitos de tráfico de droga detidos no Algarve

Prisão preventiva foi a medida de coação aplicada a cinco homens detidos na quinta-feira, no Algarve, numa operação de combate ao tráfico de estupefacientes que causou ferimentos a três pessoas, incluindo um polícia, revelou hoje a PSP.

O elemento policial ficou ferido quando o veículo em que seguia o suspeito e um acompanhante, que também ficaram feridos, tentou abalroar e atropelar as forças de segurança que procuravam parar o automóvel junto ao nó de Olhão da Via do Infante (A22).

Num comunicado do Comando de Faro da PSP, a força de segurança anunciou que seis suspeitos foram presentes a tribunal no sábado e "foi aplicada, pela Autoridade Judiciária, a medida de coação mais gravosa, de prisão preventiva, a cinco dos detidos".

"Um outro arguido detido ficou com apresentações semanais a realizar na esquadra de Olhão", acrescentou a mesma fonte, frisando que "o principal suspeito desta investigação, por tráfico de estupefacientes, mantém-se hospitalizado e sob vigilância policial, em recuperação, não suscitando especiais cuidados".

Já o agente da PSP que ficou ferido "teve alta médica no dia de sábado, após intervenção cirúrgica", esclareceu o Comando de Faro, depois de, na quinta-feira, fonte do hospital de Faro ter dito à agência Lusa que tinham dado entrada cerca das 02:00 três homens "com ferimentos de arma de fogo" e dois deles se mantinham internados, em observação.

O terceiro já tinha tido alta clínica, referiu na ocasião a fonte hospitalar, sem especificar se se tratava do polícia ou de algum dos suspeitos.

Hoje, a PSP revelou que o agente ferido teve alta no sábado, pelo que a alta clínica foi dada na quinta-feira a um dos suspeitos detidos.

Segundo as informações recolhidas na quinta-feira, as autoridades planeavam intercetar no nó de Olhão da antiga autoestrada Sem custos para o Utilizador (Scut) do Algarve (Via do Infante/A22) um grupo suspeito de tráfico de droga que vinha de Espanha.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29