sicnot

Perfil

País

Armazenamento de água em julho desceu em todas as bacias hidrográficas

(Lusa/Arquivo)

NUNO VEIGA

A quantidade de água armazenada em julho em Portugal continental desceu em todas as bacias hidrográficas, relativamente ao mês anterior, de acordo com o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH).

Segundo o boletim de armazenamento de albufeiras do SNIRH, hoje divulgado, no último dia de julho, comparativamente a igual período do mês anterior, das 60 albufeiras monitorizadas, 24 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e sete têm disponibilidades inferiores a 40%.

Os níveis mais elevados de armazenamento de água em junho de 2016 ocorreram nas bacias do Tejo (84,8%), Douro (82%), Lima (81%), Mondego (80%), Guadiana (78,6%), Cávado (78,4%), Mira (70%), Barlavento (69,9%), Oeste (64,1%), Ave (63,5%), Arade (53,8%) e Sado (38,9%).

O SNIRH indica que os armazenamentos de julho de 2016, por bacia hidrográfica, apresentaram-se superiores às médias dos valores do mesmo mês nos períodos de 1990/91 a 2014/15, exceto para as bacias do Sado, Mira e Ribeiras do Algarve.

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira, segundo o SNIRH.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    20:08
  • Dominado incêncio no centro de tratamento de resíduos da Tratolixo
    1:55

    País

    O fogo na Tratolixo, em Trajouce, deflagrou esta segunda-feira à noite. As chamas foram controladas a meio da manhã pelos bombeiros. No local estão 133 operacionais, apoiados por 51 veículos. O fogo não fez vítimas nem danos materiais. O vento dificultou o combate às chamas.

  • Duas execuções no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.