sicnot

Perfil

País

Bombeiros combatem fogo em zona de mato em Curtinhas, Santo Tirso

ANT\303\223NIO JOS\303\211

Um incêndio na localidade de Curtinhas, no concelho de Santo Tirso, mobilizava hoje, às 07:00, 54 operacionais e 17 meios terrestres, de acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O incêndio rural que lavrava numa zona de mato com duas frentes ativas, teve início na segunda-feira pelas 21:16 na freguesia de Carreira e Refojos de Riba de Ave, no distrito do Porto.

De acordo com a informação da página da ANPC das 07:30, o incêndio mobilizava 54 operacionais, entre os quais 15 bombeiros, dois elementos da GNR, e 17 meios terrestres.

Este é o único incêndio que a ANPC salientava àquela hora como ocorrência importante. A Proteção Civil destaca na sua página os incêndios florestais com mais de três horas desde o seu início e com mais de 15 meios operacionais.

Ainda de acordo com a informação disponibilizada pela Proteção Civil encontravam-se ativos 13 incêndios que mobilizam 379 operacionais e 118 meios terrestres.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.