sicnot

Perfil

País

Julho regista maior número de incêndios dos últimos 10 anos

Julho regista maior número de incêndios dos últimos 10 anos

O mês de Julho registou o maior numero de incêndios dos últimos 10 anos. Mas apesar de se terem registado mais incêndios, a área ardida foi menor. As autoridades explicam que é o resultado de uma primavera fresca e do trabalho de prevenção.

  • Julho com mais incêndios mas menos área ardida
    1:36

    País

    Com o mês de julho mais quente desde que há registos, o número de fogos florestais aumentou. No entanto, a área ardida é menor que no mesmo período de 2015. A proteção civil explica que se trata do resultado do trabalho de prevenção, aliado a uma primavera fresca.

  • Quercus alerta para a falta de prevenção dos fogos
    1:33

    País

    A Quercus acusa os bombeiros e a Proteção Civil de desvalorizarem os incêndios nas áreas protegidas. O presidente da associação ambientalista não compreende o porquê das autoridades dizerem sistematicamente que o que está a arder é mato, quando na verdade é floresta. A Quercus alerta também para os efeitos da falta de prevenção dos fogos.

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.