sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, vento em geral fraco predominando do quadrante norte, soprando moderado de noroeste no litoral oeste, em especial durante a tarde e a norte do Cabo Raso, e de nordeste até ao início da manhã nas terras altas do interior norte e centro.

A previsão aponta ainda para uma pequena subida da temperatura mínima nas regiões do interior e subida da máxima.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado nas vertentes sul, possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte e vento fraco a moderado de nordeste, soprando moderado a forte nas terras altas.

Para os Açores prevê-se períodos de céu muito nublado com boas abertas tornando-se encoberto, aguaceiros fracos a partir da noite e vento sudoeste moderado a fresco com rajadas até 50 quilómetros por hora.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 17 e 32 graus Celsius, no Porto entre 15 e 27, em Vila Real entre 17 e 34, em Viseu entre 18 e 35, em Bragança entre 16 e 35, na Guarda entre 17 e 33, em Coimbra entre 14 e 32, em Castelo Branco entre 21 e 37, em Portalegre entre 20 e 36, em Santarém entre 15 e 35, em Évora e Beja entre 16 e 37, em Faro entre 20 e 30, no Funchal entre 20 e 25, em Ponta Delgada entre 20 e 25, na Horta entre 19 e 26 e em Santa Cruz das Flores entre 21 e 27.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras