sicnot

Perfil

País

O que pode ou não fazer na praia

O que pode ou não fazer na praia

Agosto é mês de praia. Contudo, muitos portugueses desconhecem o que podem ou não fazer no areal. Por exemplo, a lei proíbe a "utilização de equipamentos sonoros" que possam incomodar os outros banhistas. Por outro lado, é permitido que os banhistas deixem os seus pertences durante a noite. As multas para quem não cumpra as regras podem ir dos 55 aos 550 euros.

  • Armação de Pêra com lugares marcados de madrugada
    2:53

    País

    Um vídeo colocado nas redes sociais fez estalar uma polémica antiga sobre a marcação de lugares na praia de Armação de Pêra. Há quem critique quem deixa o chapéu de Sol montado sem estar na praia, mas também há quem aponte o dedo ao tamanho das concessões que limitam o espaço disponível no areal.

  • Praia terapêutica na Póvoa de Varzim
    5:11

    Vamos à praia

    Não estranhe se depois de uns dias na Póvoa de Varzim se sentir com mais saúde. É que as praias da cidade são conhecidas pelas suas propriedades terapêuticas. No século passado, até os médicos recomendavam os seus doentes a irem a banhos na Póvoa. Ainda hoje, é uma autêntica experiência de talassoterapia mas só para quem conseguir suportar a baixa temperatura da água do mar.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.