sicnot

Perfil

País

O que pode ou não fazer na praia

O que pode ou não fazer na praia

Agosto é mês de praia. Contudo, muitos portugueses desconhecem o que podem ou não fazer no areal. Por exemplo, a lei proíbe a "utilização de equipamentos sonoros" que possam incomodar os outros banhistas. Por outro lado, é permitido que os banhistas deixem os seus pertences durante a noite. As multas para quem não cumpra as regras podem ir dos 55 aos 550 euros.

  • Armação de Pêra com lugares marcados de madrugada
    2:53

    País

    Um vídeo colocado nas redes sociais fez estalar uma polémica antiga sobre a marcação de lugares na praia de Armação de Pêra. Há quem critique quem deixa o chapéu de Sol montado sem estar na praia, mas também há quem aponte o dedo ao tamanho das concessões que limitam o espaço disponível no areal.

  • Praia terapêutica na Póvoa de Varzim
    5:11

    Vamos à praia

    Não estranhe se depois de uns dias na Póvoa de Varzim se sentir com mais saúde. É que as praias da cidade são conhecidas pelas suas propriedades terapêuticas. No século passado, até os médicos recomendavam os seus doentes a irem a banhos na Póvoa. Ainda hoje, é uma autêntica experiência de talassoterapia mas só para quem conseguir suportar a baixa temperatura da água do mar.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.