sicnot

Perfil

País

PS remete discussão de propostas sobre ADSE para setembro

A secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, ironizou o facto de o CDS não ter proposto a reforma da ADSE enquanto Governo e de o fazer agora, na oposição e remeteu a discussão para setembro.

"Eu vejo sempre com muita simpatia as propostas que não foram feitas no tempo em que foram Governo, mas que são feitas no tempo que em são oposição", afirmou Ana Catarina Mendes, quando questionada sobre a proposta da líder do CDS-PP, Assunção Cristas, sobre a reforma da ADSE (Assistência na Doença aos Servidores do Estado).

Assunção Cristas defendeu hoje que, mais importante que a gestão da ADSE, é perceber se existem condições para que todos os beneficiários que o desejem possam aderir voluntariamente a esse sistema de saúde.

As posições do CDS-PP sobre o relatório da Comissão de reforma da ADSE são, para Ana Catarina Mendes "neste momento, apenas anúncios sublinhando que "não há nada concretizado" e que, portanto, o PS aguardará por propostas concretas.

"Teremos tempo, a partir de setembro, quando reabrirem os trabalhos parlamentares de discutirmos todas as propostas em concreto que estejam em cima da mesa", concluiu.

A secretária-geral adjunta do PS falava no Bombarral, à margem de um jantar com militantes, no Festival do Vinho Português e Feira Nacional da Pera Rocha, que decorre na Mata Nacional até ao dia 07.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.