sicnot

Perfil

País

Programação do Andanças retomada e todos os palcos estão em funcionamento

A programação normal do festival Andanças, em Castelo de Vide, foi retomada a partir das 19:00 e todos os palcos estão em funcionamento, após um enorme incêndio, segundo uma das responsáveis do evento.

Depois do incêndio que deflagrou num dos parques de estacionamento do evento e que danificou 422 viaturas, a responsável pela programação, Marta Guerreiro, admitiu que houve várias pessoas que desistiram de ir ao festival, mas muitas outras optaram por continuar a marcar presença, justificando que "todos os palcos" se mantivessem em atividade.

Em declarações à agência Lusa, Marta Guerreiro referiu que um balanço mais concreto sobre as atividades e presenças no evento só será possível realizar na quinta-feira.

O incêndio que deflagrou hoje num parque de estacionamento nas imediações do festival, que se realiza no distrito de Portalegre, destruiu 422 viaturas e danificou parcialmente outras nove, segundo a Proteção Civil.

Embora sem ferimentos graves, três pessoas foram assistidas no local, duas das quais foram transportadas para o hospital de Portalegre, por inalação de fumos.

A organização do festival 'Andanças' já assegurou que tem "um seguro que cobre os danos" resultantes do incêndio, estando em contacto com a seguradora para fazer uma avaliação.

O "Andanças" - Festival Internacional de Danças Populares decorre desde segunda-feira nas margens da albufeira de Póvoa e Meadas, no concelho de Castelo de Vide.

Promovida pela PédeXumbo, Associação para a Promoção da Música e Dança, a 21.ª edição do festival esperava receber, até domingo, 40 mil visitantes, numa área de 28 hectares.

Lusa

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC