sicnot

Perfil

País

Risco máximo de incêndio em 22 concelhos

MIGUEL PEREIRA DA SILVA/ LUSA

Vinte e dois concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Castelo Branco, Viseu, Braga e Coimbra apresentam hoje risco 'Máximo' de incêndio, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, os concelhos de Monchique (Faro), Mação, Sardoal (Santarém), Vila de Rei, Sertã, Oleiros (Castelo Branco), Pampilhosa, Góis, Arganil (Coimbra), Sabugal, Guarda, Gouveia, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Aguiar da Beira e Trancoso (Guarda), Sernancelhe, Moimenta da Beira e Vila Nova de Paiva (Viseu), Vila Pouca de Aguiar, Ribeira de Pena e Cabeceiras de Basto (Braga) estão hoje em risco 'Máximo' de incêndio.

O Instituto colocou também em risco 'Muito Elevado' e 'Elevado' de incêndio vários concelhos de todos os distritos (18) de Portugal continental, exceto Leiria.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre 'Reduzido' e 'Máximo'.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto ao estado do tempo, céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral a norte do Cabo Raso até ao início da manhã e a partir do fim da tarde, podendo persistir em alguns locais da faixa costeira da região centro.

Durante a tarde, prevê-se um aumento temporário de nebulosidade nas regiões do interior norte e centro.

A previsão aponta também para vento fraco a moderado, predominando de noroeste, soprando moderado a forte no litoral oeste e nas terras altas, em especial durante a tarde, e temporariamente de sudoeste na costa sul do Algarve. É espera também uma pequena descida da temperatura máxima.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado nas vertentes sul, aguaceiros fracos nas vertentes norte até meio da manhã, vento moderado de nordeste, soprando moderado a forte nas terras altas e pequena subida da temperatura.

Nos Açores está previsto céu muito nublado, com abertas a partir da tarde, períodos de chuva pontualmente forte durante a madrugada e manhã e vento sudoeste moderado.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 18 e 27 graus celsius, no Porto entre 15 e 23, em Braga entre 15 e 32, em Vila Real entre 18 e 33, em Viseu entre 18 e 32, em Bragança entre 17 e 34, na Guarda entre 19 e 31, em Coimbra entre 14 e 27, em Castelo Branco entre 21 e 37, em Portalegre entre 21 e 34, em Santarém entre 16 e 30, em Évora entre 16 e 36, em Beja entre 17 e 35, em Faro entre 20 e 31, no Funchal entre 21 e 27, em Ponta Delgada e na Horta entre 20 e 25 e em Santa Cruz das Flores entre 22 e 25.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20