sicnot

Perfil

País

Detido no aeroporto de Lisboa com 17 kg de ecstasy

MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

​Um homem de nacionalidade estrangeira foi detido no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com 17 quilos de ecstasy, a maior apreensão deste produto em aeroportos portugueses nos últimos cinco anos, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ refere que a quantidade de estupefaciente MDMA/ecstasy apreendido corresponde a "cerca de 40 mil comprimidos", sem precisar quando ocorreu a operação realizada por agentes da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE).

O detido é um jovem de 18 anos que já foi presente às autoridades judiciais, que lhe decretaram prisão preventiva como medida de coação.

A quantidade de produto apreendido "constitui a maior apreensão de ecstasy em aeroportos nacionais nos últimos cinco anos", lê-se na nota da PJ.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.