sicnot

Perfil

País

PJ investiga origem do fogo que consumiu 422 carros no Andanças

PJ investiga origem do fogo que consumiu 422 carros no Andanças

A Polícia Judiciária está a investigar as causas do incêndio que ontem destruiu 422 carros num parque de estacionamento do festival Andanças, em Castelo de Vide. As causas do incêndio serão determinantes para apurar a responsabilidade dos prejuízos.

  • Quem paga os prejuízos aos proprietários dos carros ardidos no Andanças?
    1:43

    País

    O incêndio no festival Andanças destruiu 422 carros. A indemnização dos proprietários das viaturas ardidas depende agora do tipo de seguro que cada um tiver. A organização do festival já acionou o seguro que fez do evento e um perito está em Castelo de Vide a acompanhar os trabalhos de investigação da equipa da Polícia Judiciária.

  • Fogo no Andanças apanhou centenas de pessoas desprevenidas
    2:09

    País

    O incêndio que consumiu mais de 420 carros no festival Andanças apanhou centenas de pessoas desprevenidas. Nada faria supor que num evento desta natureza, onde muitos ocupam parte das férias, pudesse acontecer um acidente desta dimensão. Recordamos como tudo aconteceu.

  • As seguradoras não avançarão antes da investigação ao incêndio no Andanças
    0:40

    País

    Depois do incêndio que deflagrou num dos parques de estacionamento e que destruiu 422 viaturas e danificou parcialmente outras nove no festival Andanças, o Ministério Público e as autoridades policiais estão a investigar as causas deste sinistro. O advogado Nuno Sapateiro acredita que "se ficar esta nuvem no ar de que poderá haver um crime, isto pode bloquear o desenvolvimento do processo na perpectiva das seguradoras".

  • Festival Andanças acorda "tranquilo"

    País

    O festival Andanças, em Castelo de Vide, acordou hoje "tranquilo", com os festivaleiros a fazer a vida "normal". A Polícia Judiciária está no parque de estacionamento onde ontem arderam 422 viaturas.

  • Organização do Andanças garante ter seguro
    1:58

    País

    Mais de 400 carros ficaram totalmente destruídos ontem num parque de estacionamento do festival Andanças, em Castelo de Vide. É o balanço da Protecção Civil, que revela ainda que outras nove viaturas ficaram parcialmente danificadas. A organização do festival garantiu ter seguro, no entanto o mesmo só será acionado caso haja responsabilidades a imputar ao Andanças.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.