sicnot

Perfil

País

Alegações do julgamento dos quatro argelinos marcadas para segunda-feira

As alegações do julgamento sumário dos quatro argelinos que, no sábado, invadiram a pista do aeroporto de Lisboa foram marcadas para segunda-feira de manhã, disse a juíza Sofia Abreu.

A audiência, no 4.º Juízo do Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa, esteve suspensa durante mais de seis horas, enquanto era aguardada uma resposta do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) sobre se tinham dado entrada os requerimentos de abertura de procedimento de pedido de asilo, solicitados pelas advogadas dos quatro arguidos.

Perto das 19:00, a juíza reabriu a audiência, justificando a demora no recomeço do julgamento com o tempo em que o tribunal esteve à espera da resposta do SEF.

A magistrada marcou as alegações para segunda-feira, dado o adiantado da hora.

Na resposta dada ao tribunal, o SEF indicou que apenas tinha recebido as notificações do tribunal, e não os requerimentos apresentados pelas advogadas dos arguidos.

Segundo a juíza, e de acordo com a lei 26/2014, o SEF tem cinco dias úteis para se pronunciar sobre a abertura de processo de asilo.

A sentença vai ser lida na terça-feira.

Os quatro argelinos são acusados dos crimes de introdução em espaço vedado ao público e atentado à segurança em espaço aéreo.

Um deles é também acusado de violação de medida de interdição e está proibido de entrar em Espanha, o que, segundo a acusação, ao abrigo da lei, o impede de entrar no Espaço Schengen, do qual Portugal faz parte.

Na quinta-feira, os arguidos, dois deles irmãos, reconheceram os crimes de que são acusados e disseram que pretendiam viver em Portugal.

De acordo com a PSP, ouvida em tribunal, o Aeroporto Humberto Delgado esteve encerrado no sábado durante 34 minutos, depois de os quatro homens terem fugido ao controlo de passaportes e entrado "numa zona restrita", mais concretamente na pista de aterragem.

Lusa

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.