sicnot

Perfil

País

Fogo com duas frentes ativas ameaça populações em Gondomar

Fogo com duas frentes ativas ameaça populações em Gondomar

Vivem-se momentos de aflição, na freguesia de Melres e Medas, no concelho de Gondomar. Um fogo com duas frentes activas, de grandes dimensões, está a ameaçar as populações de Vilarinho e Moreira e há casas em risco.

Os bombeiros tentam evitar a propagação das chamas para defender as habitações, mas o calor e o vento estão a dificultar a tarefa.

Estão a combater o fogo, nesta altura, 99 homens, 29 carros e apenas um meio aéreo.

A autarquia está, desde esta manhã, a pedir reforços de helicópteros, para ajudar os bombeiros. Entretanto, estão previstos chegarem mais dois meios aéreos, como adiantou o presidente da câmara de Gondomar.

  • Fogo em Gondomar aproxima-se de várias casas

    País

    O incêndio que começou na tarde de sexta-feira na freguesia de Melres e Medas, concelho de Gondomar, distrito do Porto, tem duas frentes ativas "bastante longas" e está a aproximar-se de duas povoações, revelaram os Bombeiros Voluntários de Melres.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.