sicnot

Perfil

País

Ponte 25 de Abril vai ter um elevador panorâmico e um centro de interpretação

Ponte 25 de Abril vai ter um elevador panorâmico e um centro de interpretação

No próximo ano a ponte 25 de Abril vai ter um elevador panorâmico e um centro de interpretação. O projeto, que vai nascer junto à base do pilar de Alcântara, vai ser lançado na próxima terça-feira.A parceria entre a Infraestruturas de Portugal, que faz a gestão da ponte, e o Turismo de Lisboa vai permitir uma nova visão sobre a cidade e o rio Tejo. A iniciativa faz parte das comemorações dos 50 anos da ponte.

  • Salazar não queria, mas a ponte que uniu as margens foi erguida
    3:43

    País

    A primeira ponte sobre o Tejo, que já foi Salazar e agora é 25 de Abril, faz 50 anos. A inauguração foi a 6 de agosto de 1966 e, na época era a maior ponte da Europa. Os trabalhos duraram quatro anos e ficaram concluídos seis meses antes do tempo. Salazar votou contra no Conselho de Ministros que decidiu a construção da ponte.

  • Elevador panorâmico para subir a ponte 25 de Abril

    País

    Um projeto turístico para ver Lisboa da Ponte 25 de abril vai ser lançado terça-feira, incluindo a construção de um elevador panorâmico a partir da base do pilar de Alcântara, revelou à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal.

  • Ponte 25 de Abril inaugurada há 50 anos
    5:50

    Edição da Manhã

    No próximo sábado, 6 de agosto, a Ponte 25 de Abril faz 50 anos. A inauguração, em 1966, permitiu a ligação rodoviária, sobre o Tejo, entre Lisboa e Almada. José Gonçalves, vice presidente da Câmara Municipal de Almada, esteve na Edição da Manhã.

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.