sicnot

Perfil

País

Mais de 4.300 bombeiros no combate às chamas

Em atualização

Encostas da Serra da Freita carbonizadas pelo incêndio que ainda decorre no concelho de Arouca

OCTÁVIO PASSOS/LUSA

Há 190 incêndios ativos em todo o país que mobilizam mais de 4.300 operacionais.

Última atualização às 23:50

De acordo com a Proteção Civil estão no terreno também 1316 viaturas e 1 meio aéreo.

O centro e norte são as zonas com mais incêndios ativos, há nove situações consideradas graves: em Águeda e Arouca (Aveiro), Gouveia e Trancoco (Guarda), Vila Nova de Cerveira (Viana do Castelo), Barcelos (Braga), Nelas e Cinfães (Viseu), Silves (Faro).

NUNO ANDR\303\211 FERREIRA

O distrito do Porto é o mais afetado com 42 focos de incêndio. Já foi até acionado o plano de emergência para o distrito, pela primeira vez.

As temperaturas altas e o vento moderado nestas regiões dificultam ainda mais os trabalhos das autoridades.

Muitos destes incêndios já ameaçaram várias casas e povoações.

OCT\303\201VIO PASSOS

No concelho de Águeda, no distrito de Aveiro, encontram-se 306 elementos, 97 meios terrestres e dois aéreos a combater um incêndio florestal que deflagrou durante a madrugada desta segunda-feira.

Desde sábado ao final da tarde, lavra no concelho de Arouca, no distrito de Aveiro, um fogo que conta com 267 operacionais, apoiados por 87 meios terrestres e dois aéreos. As chamas alastraram-se entretanto ao município de Vale de Cambra.

No concelho de Barcelos, no distrito de Braga, estão 161 elementos, 56 viaturas e dois meios aéreos a combater um incêndio numa zona de mato.

O fogo que decorre no concelho de Trancoso, no distrito da Guarda, mobiliza 128 operacionais e 37 meios terrestres, de acordo com a ANPC.

O combate às chamas numa zona florestal do concelho de Cinfães, no distrito de Viseu, mobiliza 93 bombeiros e 19 meios terrestres.

Em Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, o fogo numa zona de mato mobiliza 63 operacionais, 28 meios terrestres e um aéreo.

Com Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC