sicnot

Perfil

País

Mais de 400 bombeiros combatem 27 incêndios no distrito do Porto

Estragos numa obra de um projeto para um lar de idosos centro de dia causado pelo incêndio que começou na tarde de sexta-feira na freguesia de Melres e Medas, concelho de Gondomar

OCTAVIO PASSOS

O Plano Distrital de Emergência (PDE) está hoje acionado no distrito do Porto, onde pelas 8:30 estavam em curso 27 incêndios rurais, combatidos por 446 homens e 140 meios terrestres, segundo a Proteção Civil.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto, o PDE, que está em vigor desde as 00:15 horas, mantêm-se esta manhã ativo, numa altura em que a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), atualizada às 8:30, indicava o Porto como o distrito com mais incêndios rurais "em aberto" - 27 ocorrências, umas "em curso", outras "em resolução" ou "em conclusão".

A ANPC identifica o fogo "em curso" numa zona de mato de Várzea, Marco de Canaveses, como o que maior número de meios mobiliza no distrito do Porto: 25 homens e sete viaturas.

Para além do concelho de Marco de Canaveses, a ANPC inclui na lista de ocorrências relacionadas com incêndios rurais os concelhos de Penafiel, Paços de Ferreira, Paredes, Amarante, Lousada, Felgueiras, Baião e Santo Tirso.

Nenhum destes fogos está assinalado pela ANPC nos destaques referentes às "ocorrências importantes", designação atribuída a incêndios rurais "de duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos".

Nessa lista de "ocorrências importantes" estão indicados cinco fogos, nos concelhos de Águeda e Arouca, ambos em Aveiro, e nos de Barcelos, Braga, de Vila Nova de Cerveira, Viana do Castelo e de Trancoso, Guarda.

A Comissão Distrital de Operações de Socorro do Porto decidiu pelas 00h15 de hoje acionar o PDE para o distrito, numa altura em que, de acordo com a página da internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), se registavam 37 incêndios rurais, mobilizando 725 homens e 208 viaturas.

O PDE do Porto, distrito constituído por 18 concelhos, nunca tinha sido acionado antes.

A Comissão Distrital de Operações de Socorro é composta pelo Comandante Distrital de Operações de Socorro, forças policiais, representantes do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Associação Nacional de Municípios Portugueses, da Liga dos Bombeiros Portugueses e da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.