sicnot

Perfil

País

Poeiras do deserto do Saara atingem ihas dos Açores até 6ª feira

© STR New / Reuters (Arquivo)

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje que as poeiras do deserto do Saara vão continuar presentes nos Açores até "pelo menos sexta-feira" e vão atingir as nove ilhas do arquipélago.

"Esta situação deverá ser para se manter e, neste momento, a indicação é que se mantenha pelo menos até sexta-feira. A partir de quarta-feira a nuvem passará a afetar mais os grupos central e ocidental e menos o oriental", disse à agência Lusa a meteorologista Fernanda Carvalho, da delegação regional dos Açores do IPMA.

As primeiras previsões apontavam para que as poeiras poupassem as ilhas das Flores e do Corvo, mas, de acordo com o IPMA, também as duas ilhas do grupo ocidental vão ser atingidas, com efeitos visíveis no céu.

"Mantêm-se as condições do céu esbranquiçado, típicos destas situações. Estas poeiras condicionam a aparência do céu e, muitas vezes, confundem-se com nuvens altas", explicou Fernanda Carvalho.

Segundo a meteorologista, agora "as poeiras encontram-se a níveis mais altos da atmosfera, superiores a mil metros", mas para o final da semana poderão "estar mais junto à superfície" e, por isso, com maiores efeitos.

"Estamos a avaliar a situação, mas em princípio não deverá afetar a saúde pública, o que não quer dizer que não tenha influência sobre as pessoas no que diz respeito sobretudo aos aspetos da respiração e inalação de partículas", adiantou.

Fernanda Carvalho esclareceu que as poeiras saarianas deverão ser visíveis a olho nu ou podem ser observadas em forma de "lama" caso ocorram aguaceiros.

"Não estamos à espera de precipitação significativa, mas, por vezes, há alguma precipitação de origem orográfica e então aí há uma remoção da poeira com a precipitação e temos aquele depósito de terra, de lama", referiu.

As previsões da IPMA apontam para que no próximo fim de semana a nuvem de poeiras do deserto do Saara (no norte de África) já não esteja a afetar os Açores.

O grupo central do arquipélago dos Açores é formado pelas ilhas do Faial, Graciosa, Terceira, Pico e São Jorge. São Miguel e Santa Maria integram o grupo oriental.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.