sicnot

Perfil

País

Autocarro de passageiros arde em incêndio na Madeira

JOÃO HOMEM GOUVEIA/LUSA

Uma viatura da empresa de transportes públicos Horários do Funchal, sediada na zona dos Viveiros, incendiou-se hoje de manhã na sequência dos fogos que lavram no concelho, disse o presidente da Câmara do Funchal.

Em declarações à agência Lusa, Paulo Cafôfo disse também que foi dada a indicação para as viaturas serem retiradas do parque da empresa devido à situação complicada registada na zona dos Viveiros.

O município decidiu igualmente retirar todas as viaturas do parque que a autarquia tem naquela zona da cidade, devido ao risco de incêndio e à presença de um depósito de combustível nas proximidades.

Paulo Cafôfo adiantou que está a ser equacionada a possibilidade de serem retiradas as pessoas que estão no Lar de Santa Isabel da Santa Casa da Misericórdia "por precaução", à semelhança do que aconteceu com o Hospital dos Marmeleiros, no Monte.

O fogo também chegou ao lado sul do Parque Ecológico do Funchal e à zona do Terreiro da Luta, na zona do Monte.

O presidente do executivo madeirense informou que existem quatro frentes de fogo ativa na Madeira, nas zonas do Funchal, Ponta do Sol e Campanário.

No concelho existem vários focos de incêndios em diversos locais, nomeadamente Alegria, São Roque, Fundoa, Monte, Lombinho, Romeiras e Viveiros, envolvendo no combate oito corporações de bombeiros.

Mais de 200 pessoas já foram retiradas das suas habitações e do Hospital dos Marmeleiros, tendo sido deslocadas para o Regimento de Guarnição n.º3, mas o executivo insular ainda não conseguiu contabilizar as casas que arderam.

Segundo informação da autarquia, nove estradas do Funchal encontram-se encerradas: a Via Rápida, entre o Nó de Sto. António e o da Pestana Júnior, a da Corujeira, a Regional 103 (no cruzamento com a Estrada da Corujeira, o caminho dos Saltos e as ruas João Abel de Freitas, do Comandante Camacho de Freitas, da Fundoa, da Bugiaria e a travessa da Terça.

A PJ anunciou na segunda-feira ter detido o presumível autor de fogo posto no Funchal, que será hoje ouvido pelas autoridades judiciárias.

Lusa

  • Ativado Plano Municipal de Emergência do Funchal

    País

    O Plano Municipal de Emergência da cidade do Funchal foi ativado, numa decisão votada por unanimidade, informou a Câmara. "Acaba de ser ativado o Plano Municipal de Emergência, pela Comissão Municipal de Proteção Civil, votado por unanimidade", pode ler-se num documento camarário.

  • Fogo no Funchal "parece que trepa"
    5:47

    País

    O repórter da SIC Paulo Figueira faz o ponto de situação do incêndio que destruiu pelo menos seis casas, na ilha da Madeira. Já foram ativados os planos de contingência regional e de emergência municipal.

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.