sicnot

Perfil

País

Aviso laranja para a Madeira e amarelo para 8 distritos do continente

Arquivo Reuters

© Michael Fiala / Reuters

O arquipélago da Madeira está hoje sob 'Aviso Laranja' enquanto oito distritos de Portugal continental estão sob 'Aviso Amarelo, devido ao tempo quente, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).


O arquipélago da Madeira está sob 'Aviso Laranja' desde as 06:00 e até às 19:00 de hoje devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O 'Aviso Laranja', o segundo mais grave de uma escala de quatro, é emitido devido a uma situação meteorológica de risco moderado e elevado.

O IPMA emitiu ainda um 'Aviso Amarelo' de vento forte com rajadas da ordem dos 75 quilómetros por hora nos extremos oeste e leste da Madeira.

Sob 'Aviso Amarelo' estão também os distritos de Braga, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Lisboa, Setúbal e Santarém devido ao tempo quente entre as 06:00 e as 22:00 de hoje.

O 'Aviso Amarelo' é o terceiro mais grave numa escala de quatro e significa "risco para determinadas atividades".

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente limpo, aumentando temporariamente a nebulosidade durante a tarde nas regiões do interior, vento fraco, tornando-se moderado de noroeste a partir do final da manhã, e por vezes forte e com rajadas até 60 quilómetros por hora no litoral oeste, sendo temporariamente de sudoeste na costa sul do Algarve.

Nas terras altas do Norte e Centro, prevê-se vento fraco a moderado de nordeste, soprando moderado a forte até ao início da manhã e a partir do meio da tarde.

Está também previsto pequena descida da temperatura mínima no litoral norte e centro, descida da temperatura máxima, mais significativa nas regiões norte e centro, e que será acentuada no litoral a norte do cabo Raso.

Na Madeira prevê-se tempo quente com períodos de céu muito nublado, em especial por nuvens médias e altas, vento moderado a forte de nordeste com rajadas até 75 quilómetros por hora soprando forte a muito forte com rajadas até 95 quilómetros por hora nas zonas montanhosas e pequena subida da temperatura mínima.

Para os Açores a previsão aponta para céu geralmente pouco nublado e vento nordeste bonançoso a moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 23 e 35 graus Celsius, no Porto entre 20 e 30, em Braga entre 18 e 34, em Viana do Castelo entre 20 e 31, em Vila Real entre 20 e 33, em Viseu entre 20 e 35, em Bragança entre 17 e 31, na Guarda entre 18 e 30, em Coimbra entre 19 e 34, em Castelo Branco entre 24 e 37, em Portalegre entre 23 e 37, em Santarém entre 20 e 39, em Évora entre 19 e 40, em Beja entre 21 e 39, em Faro entre 22 e 33, no Funchal entre 28 e 35, em Ponta Delgada e Santa Cruz das Flores entre 21 e 27 e na Horta entre 22 e 27.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:25

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu geralmente limpo, aumentando temporariamente a nebulosidade durante a tarde nas regiões do interior, vento fraco, tornando-se moderado de noroeste a partir do final da manhã, e por vezes forte e com rajadas até 60 quilómetros por hora no litoral oeste, sendo temporariamente de sudoeste na costa sul do Algarve.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Primeiro-ministro assume desafio de "reconstruir e preparar o futuro"
    3:01
  • Nova troca de acusações entre Rui Rio e Santana Lopes
    2:28

    País

    Pedro Santana Lopes disse este domingo, na apresentação do programa de candidatura, que enquanto uns descem, ele sobe o nível do debate, na corrida à liderança do PSD. Foi a resposta às críticas de Rui Rio, que o acusou de não saber o que quer e de continuar a fazer trapalhadas.