sicnot

Perfil

País

Cenário de incêndios agrava-se no Funchal

O cenário de incêndios registados esta terça-feira no Funchal complicou-se a partir das 18:00, devido ao aumento da intensidade do vento e à alteração da sua direção, havendo algumas zonas com "fogo descontrolado", disse o presidente da câmara, Paulo Cafôfo.

Num balanço das operações, cerca das 19:00, o autarca indicou que a situação se agravou nas Barbosas e no Curral dos Romeiros, na zona alta do concelho, devido à "intensificação das rajadas de vento e à alteração da direção das mesmas".

"Neste momento o fogo está descontrolado nestas zonas", afirmou, referindo que nestes locais há pessoas a serem retiradas de casa.

O hotel Choupana Hills, perto do estádio da Choupana, "está também a ser desocupado", avançou o autarca aos jornalistas.

"Inclusive tínhamos como ponto de concentração o próprio estádio do Clube Desportivo Nacional, mas temos de procurar outras alternativas para deslocalizar as pessoas", adiantou.

Junto ao Hospital Doutor João de Almada, uma unidade de cuidados continuados, há uma outra situação de incêndio com alguma intensidade que já motivou a retirada dos cerca de 300 doentes.

O presidente da câmara disse ainda que se encontram no local "diversas corporações de bombeiros, porque não há só a questão dos doentes, a maior parte deles sem possibilidade de mobilidade". Os bombeiros estão também a evitar que um tanque de gás da unidade seja atingido pelo calor ou pelas chamas.

Há outra situação na freguesia de Santa Luzia, indicou o autarca: "Neste momento temos um foco de incêndio complexo, no caminho dos Poços, no caminho dos Lombos, ao pé da estrada Luso-brasileira".

Paulo Cafôfo adiantou que quatro autotanques vão ser deslocalizados para as zonas mais afetadas e que todos os meios já se encontram no terreno.

Lusa

  • Força Especial vai ser enviada para o Funchal

    País

    A Força Especial de combate a incêndios vai ser enviada para o Funchal, na sequência do incêndio que começou esta segunda-feira na Madeira. As chamas obrigaram à evacuação de dois hospitais e várias casas. A força de combate é constituída por bombeiros, elementos da GNR e INEM.

  • Ativado Plano Municipal de Emergência do Funchal

    País

    O Plano Municipal de Emergência da cidade do Funchal foi ativado, numa decisão votada por unanimidade, informou a Câmara. "Acaba de ser ativado o Plano Municipal de Emergência, pela Comissão Municipal de Proteção Civil, votado por unanimidade", pode ler-se num documento camarário.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.