sicnot

Perfil

País

Enfermeiros algarvios em greve até sexta pelas 35 horas

Os enfermeiros algarvios do Serviço Nacional de Saúde iniciaram uma greve de quatro dias para reivindicar a aplicação das 35 horas de trabalho semanais, a contratação de mais enfermeiros e o pagamento do trabalho extraordinário.

"Estamos a exigir a admissão de mais enfermeiros uma vez que 80 [da bolsa de contratação recentemente aberta] não são suficientes porque são necessários 462", disse à Lusa o sindicalista Nuno Manjua à porta do Hospital de Portimão acrescentando que o sindicato quer a discussão de um plano de admissões com o Centro Hospitalar do Algarve.

De acordo com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), no Hospital de Portimão a greve teve uma adesão de 84% durante o turno da noite e uma adesão de 80% durante a manhã de hoje.

A greve tem objetivos nacionais e institucionais, ou seja, tem reivindicações diretas para o Governo e para o Ministério da Saúde e algumas para a administração do Centro Hospitalar do Algarve (CHA).

O SEP considera que o Governo esgotou os argumentos pelos quais não atribuía o horário de 35 horas de trabalho semanal aos enfermeiros quando houve o anúncio de que não ia ter sanções da União Europeia e defende que é tempo de reiniciar as negociações.

No caso do Centro Hospitalar do Algarve, os enfermeiros apontam falta de coerência quando a administração alega que não assume as 35 horas de trabalho para não interferir com as negociações a nível central e lança um concurso de 40 horas semanais para 80 enfermeiros.

"Ficámos incrédulos. Como é que um Governo repõe na Administração Pública o horário de 35 horas e depois um conselho de administração decide que os próximos enfermeiros a contratar será por 40 horas, ou seja, quem diz que não quer decidir, está a decidir", comentou Nuno Manjua.

A estas reivindicações soma-se ainda o pedido de harmonização da forma de pagamento das horas extraordinárias em todos os serviços do CHA.

A greve foi marcada para o Hospital de Portimão para hoje e amanhã e nos dias 11 e 12 vai decorrer no Hospital de Faro, ambos geridos integrados no CHA.

Hoje, os enfermeiros estão concentrados à porta do Hospital de Portimão dando conta do seu descontentamento à direção daquele serviço de saúde e aos utentes que estão a receber folhetos informativos.

Esta quarta-feira, 10 de agosto, os enfermeiros vão construir um mural de mensagens no muro do Hospital de Faro que vai ter mensagens dos enfermeiros da região para os utentes e para o conselho de administração do CHA.

"Não pode cada serviço decidir que umas horas são pagas em tempo, as outras em dinheiro. Há serviços que ainda não sabem", contou o sindicalista que defende uma harmonização.

Nuno Manjua explicou que, a 11 de agosto, os enfermeiros vão entregar ao conselho de administração do CHA requerimentos solicitando a passagem das 40 horas semanais de trabalho para as 35 e o cumprimento dos horários laborais estipulados.

Lusa

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.