sicnot

Perfil

País

Extinto fogo no parque de viaturas em Valença

O incêndio num parque de viaturas para reciclagem industrial foi extinto, mas o fogo na zona continua com uma frente ativa, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo.

"Na fábrica está extinto, mas o fogo continua com uma frente ativa", afirmou a mesma fonte, contactada cerca das 23:45 de terça-feira pela Lusa.

No combate ao incêndio, que deflagrou cerca das 15:45 de terça-feira no lugar de Mondim de Cima, freguesia de Gandra, participam 39 operacionais, apoiados por 13 viaturas.

No distrito de Viana do Castelo havia às 00:00 de quarta-feira, segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, 21 incêndios, que estão a ser combatidos por 784 operacionais, apoiados por 251 meios terrestres.

Daquelas ocorrências, a Proteção Civil destaca quatro incêndios, nomeadamente nos concelhos de Viana do Castelo, Arcos de Valdevez e Vila Nova de Cerveira.

No concelho de Viana do Castelo, um incêndio, que teve início às 00:30 de terça-feira na localidade de Igreja Vilar Murteda, permanece ativo e está a ser combatido por 148 operacionais, apoiados por 44 meios terrestres.

Em Arcos de Valdevez, a Proteção Civil destaca dois incêndios.

Um teve início às 14:13 de segunda-feira na localidade de Cortinha-MEI, e que permanece ativo com duas frentes, estando a ser combatido por 42 operacionais, apoiados por 12 meios terrestres.

O outro teve início às 02:11 de segunda-feira na localidade de Travanca -- Cabana Maior, que permanece com duas frentes ativas, estando a ser combatido por 178 operacionais, apoiados por 58 meios terrestres.

Em Vila Nova de Cerveira, o incêndio que teve início na tarde de domingo na localidade de Covas, permanece com duas frentes ativas, estando a ser combatido por 157 operacionais, apoiados por 54 meios terrestres.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.