sicnot

Perfil

País

Força Especial vai ser enviada para o Funchal

GREG\303\223RIO CUNHA

A Força Especial de combate a incêndios vai ser enviada para o Funchal, na sequência do incêndio que começou esta segunda-feira na Madeira. As chamas obrigaram à evacuação de dois hospitais e várias casas. A força de combate é constituída por bombeiros, elementos da GNR e INEM.

As chamas deflagraram na tarde de segunda-feira nas zonas altas do Funchal, em São Roque, pelas 15:30, mas surgiram entretanto novos focos noutros concelhos da costa sul da ilha da Madeira.

O cenário de incêndios registados esta terça-feira no Funchal, Madeira, complicou-se a partir das 18:00, devido ao aumento da intensidade do vento e à alteração da sua direção, havendo algumas zonas com "fogo descontrolado", disse o presidente da câmara, Paulo Cafôfo.

Num balanço das operações, por volta das 19:00, o autarca indicou que a situação se agravou nas Barbosas e no Curral dos Romeiros, na zona alta do concelho.

"Neste momento o fogo está descontrolado nestas zonas", afirmou, referindo que nestes locais há pessoas a serem retiradas de casa.

Também as zonas da Choupana, do Hospital João de Almada e de Santa Luzia geram preocupação entre as autoridades.

Os bombeiros estão no local a evitar que um tanque de gás seja atingido.

Na zona da Choupana, um hotel foi também evacuado.

Com Lusa

  • Evacuado Hospital Dr. João de Almada no Funchal
    2:05

    País

    O Hospital Dr. João de Almada no Funchal está a ser evacuado. A jornalista do Expresso Marta Caires explica a situação que está a ser vivida neste momento no Funchal, onde o vento forte agravou o incêndio que começou esta segunda-feira. Segundo a jornalista, as chamas estão muito perto do hospital. Até ao momento foram evacuados 234 doentes.

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".