sicnot

Perfil

País

GNR mobiliza 500 militares para combate aos fogos

Quinhentos militares da Guarda Nacional Republicana estavam, cerca das 15h30, mobilizados em ações de combate aos incêndios florestais, informou aquela força de segurança.

Do total dos militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) da GNR, mobilizados para os fogos, 160 estão a guarnecer 23 meios aéreos (18 ligeiros e cinco médios) e empenhados nas ações de primeira intervenção nos incêndios, refere uma nota da GNR, hoje divulgada.

No terreno estão também quatro grupos de ataque ampliado do GIPS, estando três a combater incêndios no distrito de Viana do Castelo e outro no distrito do Porto.

Durante este mês, a GNR contabilizou 462 saídas helitransportadas por militares do GIPS, tendo sido combatidos, e extintos, na fase inicial, 175 fogos.

Desde o início deste ano, a GNR registou 1.716 saídas de helicóptero, para combate e extinção de 894 incêndios, na fase inicial.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.