sicnot

Perfil

País

Governo da Madeira pondera recurso a fundo de 187 mil euros para reconstrução de casas

O presidente do Governo da Madeira anunciou que o executivo insular vai analisar a possibilidade de recorrer a um fundo de 187 mil euros para apoiar a reconstrução de habitações afetadas pelos incêndios que lavram na região.

"Vamos já deliberar hoje. Há um fundo para apoiarmos a reconstrução de cerca de 187 mil euros, se não estou em erro", disse Miguel Albuquerque aos jornalistas, numa conferência de imprensa improvisada, no terraço de uma habitação na freguesia do Monte, uma das zonas mais afetadas pelos incêndios que deflagraram na segunda-feira na ilha da Madeira.

O responsável admitiu "não existirem muitas casas de momento disponíveis" para entregar a pessoas que tenham as suas residências danificadas pelo fogo e a secretária regional que tutela a Proteção Civil, Rubina Leal, acrescentou que os técnicos da Investimentos Habitacionais da Madeira "já está a fazer um levantamento".

O chefe do executivo madeirense reafirmou que estão elementos de oito corporações de bombeiros da Madeira a "atacar os fogos do Funchal".

Rejeitando críticas "recorrente" sobre as operações de combate, Miguel Albuquerque sublinhou que as chamas "são em muitas frentes e, obviamente, não é possível ter um bombeiro em cada residência".

"A Proteção Civil neste momento acha que é suficiente aplicarmos os planos como temos aplicado. O que nós fizemos foi aplicar o plano e tanto aplicámos que, neste momento, a situação está relativamente bem controlada e não tivemos nem vítimas mortais, felizmente, nem situações muito graves de fogo em residências", declarou.

Miguel Albuquerque mencionou que "bastantes" pessoas, incluindo alguns bombeiros, deram entrada no hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, por problemas relacionados com inalação de fumo.

Mais de 200 pessoas foram retiradas das suas habitações e deslocadas para o quartel do Funchal, o mesmo acontecendo com os doentes do Hospital dos Marmeleiros.

"O próximo desafio é, nas próximas horas, evitar o reacendimento dos fogos junto das habitações e preservar as zonas urbanas", reforçou.

Miguel Albuquerque indicou que o plano de contingência que foi acionado "tem alguns requisitos de prevenção", mas não está em causa "um estado de calamidade".

"Temos de ter calma. As coisas vão correr bem", declarou.

Por seu turno, o diretor do Observatório Meteorológico do Funchal, Vítor Prior, referiu que uma situação com estas características (altas temperaturas e vento forte de leste), "tão prolongada", com a duração de cinco ou seis dias, apenas se registou na ilha em agosto de 1976.

O responsável mencionou que a Madeira registou agora uma temperatura média de 29,6 graus centígrados, "tendo o valor mais alto registado numa situação semelhante, em 1976, sido de 25,5 graus".

Sobre as previsões, Vítor Prior adiantou que "o dia será quente", com temperaturas máximas a chegar aos 37 graus.

"O vento vai manter a intensidade forte até ao início da tarde", altura em que ocorrerá uma baixa, mas vai voltar a soprar com alguma intensidade até ao início da noite, referiu.

Na quarta-feira deverá ocorrer uma "baixa significativa" da temperatura máxima, para os 28 graus, sendo a mínima na ordem dos 23.

As chamas deflagaram nas zonas altas do Funchal, em São Roque, pelas 15:30 de segunda-feira, tendo entretanto afetado outras zonas

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Mundo tornou-se "mais sombrio e mais instável" em 2016

    Mundo

    O mundo tornou-se em 2016 "um local mais sombrio e mais instável", devido ao agravamento de conflitos como a Síria e dos "discursos do ódio" na Europa e Estados Unidos, considerou hoje a Amnistia Internacional no seu relatório anual.

  • Semáforos no chão para os mais distraídos

    Mundo

    Na cidade holandesa de Bodegraven, está a ser testado um sistema de semáforos para quem usa o telemóvel na rua. Estes semáforos têm a forma de faixas, que são colocadas no chão, e a luz muda de cor consoante o trânsito, tal como os semáforos já existentes.

    André de Jesus

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.