sicnot

Perfil

País

Incêndio no Funchal destrói várias casas

Incêndio no Funchal destrói várias casas

Desde a noite de ontem que dezenas de operacionais de oito corporações combatem um incêndio no Funchal. Cerca de 200 pessoas foram hoje retiradas de vários pontos do Funchal e do Hospital dos Marmeleiros, na freguesia do Monte, na sequência dos diversos focos de incêndio.

"A situação agravou-se e tivemos de realojar pessoas no Regimento de Guarnição N.º 3 (Funchal), temos cerca de 200 pessoas que estão a ser acompanhadas", disse a Secretária Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, que tutela a área da Proteção civil do governo madeirense à agência Lusa.

A responsável adiantou que por motivos de prevenção e segurança também foram deslocados doentes do Hospital dos Marmeleiros, situado na freguesia do Monte, sobretudo pessoas que sofrem de doenças respiratórias, por decisão do Secretário Regional da Saúde.

Rubina Leal adiantou ser difícil neste momento avançar com o número de casas que já foram consumidas e ficaram danificadas pelo fogo, que lavra desde cerca das 16:00 de segunda-feira no concelho do Funchal.

"Não consigo dizer quantas casas estão destruídas, porque os meios estão no terreno e estamos empenhados em apoiar a população desalojada e controlar o fogo", disse.

O repórter da SIC na Madeira, Paulo Figueira, faz um balanço dos últimos desenvolvimentos na zona da Fundoa, no Funchal.

Com Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.