sicnot

Perfil

País

PJ detém suspeito de atear fogo em Vila Verde

A Polícia Judiciária de Braga deteve um homem de 45 anos "fortemente indiciado" pela prática de um crime de incêndio florestal em Vila Verde, informaram as autoridades.

Em comunicado, a PJ acrescenta que os factos se registaram no domingo, tendo o suspeito, "num quadro de alcoolismo", pegado num isqueiro e ateado fogo numa "zona resguardada de mato".

"Deu origem a um incêndio que consumiu mato e floresta, pondo ainda em risco as habitações próximas do local", refere ainda o comunicado.

O detido, que está desempregado, já cumpriu pena por crime da mesma natureza e vai agora ser presente às autoridades judiciárias para interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

Em julho, a Polícia Judiciária já tinha detido um outro homem em Vila Verde, também por suspeita de crime de incêndio florestal.

Em 2016, a PJ já identificou e deteve 23 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.