sicnot

Perfil

País

Solidariedade de Viana do Castelo enche quartel com mantimentos

ARM\303\211NIO BELO

A solidariedade da população do concelho de Viana do Castelo, fustigado por vários incêndios florestais, encheu esta terça-feira o quartel dos Bombeiros Voluntários do concelho, em pleno centro da cidade.

"É inacreditável. Estou comovido e sensibilizado com o apoio das pessoas que até nem têm o fogo à porta e vêm ajudar quem está a combater as chamas", afirmou à Lusa o presidente da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Viana do Castelo, Luciano Moure, que salientou terem sido dezenas as pessoas que, ao longo do dia, se deslocaram àquele espaço para deixar mantimentos.

O responsável adiantou que os apoios vêm da sociedade civil, de empresas, super e hipermercados, restaurantes fast-food, que querem dar "o mínimo de conforto aos operacionais no terreno há vários dias".

Como a Lusa constatou, no quartel encontram-se paletes de garrafas de água, fruta, bolachas, leite, entre outros géneros alimentares que a corporação irá distribuir também pelos bombeiros municipais.

Maria Neves, de 51 anos, residente na freguesia da Areosa, disse à Lusa que "nem que fosse o último dinheiro que tivesse, dava apoio aos bombeiros".

"Nem que não tivesse nada para comer, mas não faltava com nada aos bombeiros", acrescentou.

Patrícia Pinto, de 21 anos, natural de Viana do Castelo, mas a residir no estrangeiro, também fez questão de deixar mantimentos por entender o momento muito complicado que os soldados da paz estão a enfrentar no combate às chamas.

Os bombeiros voluntários de Viana do Castelo são uma de duas corporações instaladas no concelho.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, disse à Lusa que pelas 17:00 havia sete "fogos críticos" a afetar quase todo o concelho.

Lusa

  • Opinião

    Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • 6 polícias feridos e 4 detidos em manifestação pela morte de português em Londres
    1:29

    Mundo

    A manifestação começou ainda durante a tarde deste domingo, na capital britânica e culminou em violência, com 6 polícias feridos, 4 pessoas detidas e a evacuação de uma das principais estações de transportes da zona leste da Londres. Os manifestantes acusam a polícia britânica de agressão na noite de 15 de junho, quando um português, de 25 anos, foi mandado parar pela polícia. O jovem acabou por morrer no hospital 5 dias depois.

  • Novo avião da TAP a lembrar o passado
    1:32
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01

    País

    Um avião da TAP voltou a cruzar-se este domingo com um drone, enquanto se preparava para aterrar no aeroporto de Lisboa. A aproximação deu-se a 900 metros de altitude e passou muito perto da asa da aeronave. Este é o 10.º incidente com drones este ano e o 6.º este mês.

  • Bruno Fernandes já está em Lisboa
    4:53

    Mercado de transferências

    Bruno Fernandes já está em Lisboa a dar autógrafos com a camisola do Sporting. André Moreira, guarda-redes do Atlético Madrid, oficializado em breve no Benfica. Eis as últimas do mercado de transferências, por Gonçalo Azevedo Ferreira.

  • Os russos adoram Portugal
    2:48

    Taça das Confederações

    Os portugueses que foram à Rússia para a Taça das Confederações ficaram surpreendidos pela forma calorosa com que todos foram recebidos. Cristiano Ronaldo é o grande responsável por esta paixão pelo nosso país.

    Enviados SIC

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.