sicnot

Perfil

País

Vento forte obriga ao cancelamento de voos na Madeira

​Cerca de 20 voos foram cancelados ou desviados do Aeroporto do Funchal devido aos ventos fortes na Madeira, que está sob "Aviso Amarelo" e onde lavram diversos focos de incêndio.

"Houve alguns voos atrasados, outros divergidos para outros aeroportos desde as 16h00 de segunda-feira, quando se intensificou o vento, mas a situação já está a voltar à normalidade e hoje de manhã já aterraram vários aviões", disse à Lusa fonte dos serviços de informação e acolhimento da estrutura aeroportuária madeirense.

A mesma fonte adiantou que a maioria dos 20 aviões que não conseguiram fazer-se à pista do Funchal na tarde e noite de segunda-feira voltaram à sua origem ou então dirigiram-se para Porto Santo, Tenerife, Grande Canária ou Lisboa.

Entretanto, por decisão das respetivas companhias, foram também cancelados os voos para o Funchal oriundos de Lyon, Madrid e dois de Lisboa.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu um "Aviso Amarelo" de vento forte com rajadas da ordem dos 95 quilómetros por hora nos extremos oeste e leste da Madeira, o terceiro mais grave numa escala de quatro, significando "risco para determinadas atividades".

Ao mesmo tempo, há incêndios de grandes proporções que deflagraram na tarde de segunda-feira, no concelho do Funchal e da Ponta do Sol, tendo o Governo Regional da Madeira indicado a existência de quatro focos ativos na ilha (Funchal, Ponta do Sol e Campanário)

Mais de 200 pessoas foram retiradas das suas habitações em diversos locais do concelho do Funchal. O secretário da Saúde da Madeira decidiu, por precaução, também deslocar os mais de 200 doentes do Hospital dos Marmeleiros, na freguesia do Monte.

Lusa

  • Portugal inicia preparação para o Mundial sem Cristiano Ronaldo

    Rumo ao Mundial 2018

    A seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018, que arranca em 14 de junho, na Rússia, com um treino na Cidade do Futebol, em Oeiras, numa sessão em que são esperadas algumas ausências. O capitão Cristiano Ronaldo, que vai disputar no sábado a final da Liga dos Campeões com o Real Madrid, é baixa certa no arranque dos trabalhos, mas não deve ser o único.

  • Hoje é notícia

    País

    Esta terça-feira realiza-se o funeral do antigo ministro António Arnaut na Figueira da Foz. Em Sintra está previsto o início do julgamento dos 17 agentes da PSP acusados de agredirem jovens da Cova da Moura, concelho da Amadora, no interior da esquadra de Alfragide. Em Oeiras, a seleção portuguesa de futebol começa hoje a preparar a participação no Mundial2018.

  • "Claramente que há mandantes e que foi uma operação organizada"
    4:14

    Crise no Sporting

    Os 23 detidos por suspeitas de terem participado no ataque à Academia de Alcochete ficaram em prisão preventiva. Miguel Sousa Tavares considera que a decisão "é mais para ser exemplar". O comentador da SIC acredita que há mandantes e que esta foi uma "operação organizada". Sousa Tavares diz ainda que os "políticos não têm coragem para impor as leis" e que em Portugal "brinca-se com a lei".

    Miguel Sousa Tavares

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20