sicnot

Perfil

País

Acionado Plano Municipal de Emergência em Anadia

A Câmara de Anadia acionou hoje o Plano Municipal de Emergência (PME) face às "situações difíceis e de descontrolo" que se registam no concelho, na sequência do incêndio que lavra desde a última madrugada.

O incêndio, que deflagrou pelas 02:00 de hoje, mantém-se com "diversas frentes ativas" nas freguesias de Moita e de Vila Nova de Monsarros, ameaçando "vários aglomerados populacionais e elevada área correspondente ao espaço rural", afirma uma nota da Câmara de Anadia, enviada ao meio da tarde à agência Lusa.

As chamas "não aparentam qualquer diminuição na intensidade, face às condições atmosféricas adversas que se fazem sentir, nomeadamente altas temperaturas e ventos fortes, com mudanças permanentes de direção", sublinha o mesmo comunicado, subscrito pela presidente da Câmara de Anadia, Teresa Correia Cardoso.

Os meios e recursos afetos ao combate aos fogos "revelam-se insuficientes para controlar as várias frentes ativas, assim como para dar resposta a inúmeros pedidos de auxílio apresentados pelas populações", sublinha ainda a Câmara de Anadia.

Consideradas as "circunstâncias excecionais e urgentes, em especial a ameaça que as mesmas oferecem a aglomerados populacionais", o município decidiu acionar o Plano de Emergência de Proteção Civil, conclui a Câmara.

Pelas 18:00 as chamas eram combatidas por cerca de 150 operacionais, apoiados por cerca de meia centena de meios terrestres e por dois meios aéreos, disse à agência Lusa o segundo comandante operacional distrital de Aveiro, Pinheiro Duarte.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.