sicnot

Perfil

País

Arouca evacua passadiços do Paiva face a ameaça das chamas

A Câmara Municipal de Arouca está a retirar os cerca de 1500 visitantes que esta tarde circulavam pelos passadiços do Paiva para prevenir eventuais complicações devido ao "risco moderado" de essa estrutura ser ameaçada pelo incêndio nesse concelho.

Em declarações à Lusa, o presidente da autarquia justifica a medida com o facto de o incêndio combatido por mais de 200 bombeiros nas localidades de Janarde e Covelo de Paivó "ter galgado a margem direita do rio Paivó e estar agora no lado esquerdo", mais próximo do passadiço.

"O risco é apenas moderado, mas decidimos retirar as pessoas por uma questão de máxima precaução", afirma José Artur Neves. "Os técnicos dos nossos serviços e as forças de segurança já não deixam entrar mais ninguém e estão a retirar as pessoas que estão no passadiço, que serão umas 1500 nesta altura", acrescenta.

Segundo indicava o site da Autoridade Nacional da Proteção Civil às 15:20, o incêndio de Janarde e Covelo de Paivó, que deflagrou na segunda-feira à tarde, ainda está a ser combatido por 213 bombeiros, apoiados por 49 viaturas.

"A situação está má, incontrolável. Não podemos mesmo facilitar", realça José Artur Neves.

Quanto aos visitantes retirados do passadiço do Paiva, cujo acesso implica reserva prévia e o pagamento de 1 euro por pessoa, o autarca adianta que "a Câmara dará oportunidade a todas essas pessoas de concretizarem o passeio noutra altura, sem quaisquer custos".

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.