sicnot

Perfil

País

Cadeia de hipermercados doa bens de primeira necessidade aos bombeiros

Al Behrman

​Os bombeiros das zonas fustigadas pelos incêndios podem abastecer-se gratuitamente de bens essenciais nos hipermercados Continente, disse à Lusa fonte do grupo Sonae.

Para isso, basta que um responsável da corporação se dirija à loja mais próxima e peça os bens de primeira necessidade que mais fazem falta aos bombeiros, que se encontram no terreno a combater os incêndios que lavram no centro e no norte do país.

Caso seja necessário, a empresa também disponibiliza o transporte da mercadoria até aos locais.

Água, barras energéticas e outros bens não perecíveis são os mais necessários para quem está no terreno sujeito a muito trabalho e a altas temperaturas.

Entretanto, a Direção-geral da Saúde avisou que o leite não é um antídoto do monóxido de carbono, principal componente tóxico dos incêndios, lembrando que a inalação de fumos pode provocar danos nas vias respiratórias.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite