sicnot

Perfil

País

Capital do Móvel em Paços de Ferreira doa metade da bilheteira aos bombeiros

(arquivo)

NUNO ANDRÉ FERREIRA / LUSA

A Associação Empresarial de Paços de Ferreira (AEPF) vai doar à Liga dos Bombeiros Portugueses metade das receitas da bilheteira da Capital do Móvel - Feira de Mobiliário e Decoração, revelou à Lusa fonte da direção.

A mesma fonte adiantou ainda que alguns empresários do concelho de Paços de Ferreira estão a organizar-se para doar mobiliário a quem "viu as suas casas destruídas" pelos incêndios.

A Capital do Móvel - Feira de Mobiliário e Decoração, considerada uma das maiores feiras de mobiliário do país, chegando, segundo a AEPF, a receber cerca de 20 mil visitantes e com um custo de entrada de dois euros, decorre de 06 a 15 de agosto e agregar mais de 70 expositores.

"Queremos ajudar os heróis e heroínas que todos os dias arriscam a própria vida para salvar pessoas, animais, casas e empresas, entre outros. Assim, a direção da AEPF decidiu doar à Liga dos Bombeiros Portugueses metade das receitas de bilheteira obtidas até ao encerramento da Capital do Móvel - Feira de Mobiliário e Decoração, o que acontece a 15 de agosto", explicou a dita fonte.

Desta forma, os empresários do móvel querem demonstrar que "não ficaram indiferentes ao drama dos incêndios que assola Portugal".

Por isso, além de metade das receitas de bilheteira daquele certame, a AEPF vai reunir com as "entidades competentes" no sentido de "avaliar" quais as zonas mais afetadas pelos incêndios.

"Isto porque alguns dos nossos associados estão a organizar-se para doar móveis a quem teve as casas destruídas pelo fogo", explicou a dita fonte.

A AEPF vai também instalar um ponto de recolha de água, leite, fruta fresca e barras de cereais, que depois irá entregar nos quartéis de bombeiros do concelho de Paços de Ferreira.

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.