sicnot

Perfil

País

Chamas aproximam-se do complexo do Nacional, na Choupana

Os incêndios que estão a assolar a Madeira nas últimas 48 horas estiveram hoje muito próximo da Cidade Desportiva do Nacional, na Choupana.

Apesar de as chamas não terem ainda desaparecido, o perigo já não é tão iminente, mas os ventos mudam de direção constantemente, o que não tranquiliza em nada o emblema da I Liga portuguesa de futebol.

"Há pouco, as coisas estiveram feias, mas agora as coisas parecem estar mais controladas", disse à agência Lusa Saturnino Sousa, diretor de comunicação do clube madeirense.

Saturnino Sousa acrescentou que a situação vai ser avaliada "nas próximas horas, sobretudo as condutas de água", importantes para a realização do jogo de domingo, com o Desportivo de Chaves, da primeira jornada da I Liga, marcado para as 16h00, no Estádio da Madeira.

Colocada a questão de um possível adiamento do jogo com os flavienses, este responsável foi taxativo: "Esse é um cenário que não se coloca neste momento, porque irá depender de vários fatores", adiantou Saturnino Sousa.

Refira-se que a equipa de futebol do Nacional treinou esta manhã na Camacha, dada a impossibilidade de o fazer no seu complexo desportivo.

Lusa

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.