sicnot

Perfil

País

Ministra pede "alguma serenidade" num momento de luta contra as chamas

LUSA

A ministra da Administração Interna pediu esta quarta-feira "alguma serenidade" ao país num momento que é de luta contra os incêndios para que o combate às chamas possa ser eficaz.

"Estamos num momento de luta e, para lutarmos com eficácia, temos de manter agora alguma serenidade. A nossa primeira prioridade é, neste momento, combater estes incêndios e deixar os operacionais no terreno fazerem aquilo que sabem fazer", disse aos jornalistas Constança Urbano de Sousa.

Em declarações na povoação de Moita, à margem de uma visita ao posto de comando do incêndio que lavra em Anadia, distrito de Aveiro, a ministra lembrou que a luta é ainda contra as condições meteorológicas adversas, muito calor e muito vento, reafirmando que o foco "tem de ser o combate a estes incêndios".

A ministra admitiu a possibilidade de se tratar de fogo posto, porque de madrugada "não é o sol seguramente que faz provocar a ignição".

De acordo com segundo comandante distrital operacional de Aveiro, Pinheiro Duarte, em declarações à agência Lusa, estão no terreno a combater este incêndio cerca de 150 operacionais, apoiados meia centena de meios terrestres, dispositivo que foi reforçado ao meio da tarde com dois aviões ligeiros.

Os aviões estão a fazer descargas sobre as chamas que lavram na direção povoação de Salgueiral, uma das duas frentes do fogo (a outra progride no sentido da localidade de Barrô).

A Comissão Municipal de Proteção Civil de Anadia assinou, entretanto, na tarde de hoje, o Plano de Emergência, anunciou a Câmara daquela cidade.

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.