sicnot

Perfil

País

Sociedade protetora já resgatou maioria dos animais que teve que soltar no Funchal

O Funchal foi o concelho mais afetado pelos incêndios, que já provocaram três vítimas mortais na zona da Pena, cerca de mil desalojados, dezenas de casas destruídas e avultados prejuízos materiais.

© Duarte Sa / Reuters

A Sociedade Protetora dos Animais Domésticos (SPAD) Funchal, Madeira, anunciou hoje que, dos 120 animais que terça-feira teve que soltar devido ao incêndio que afetou as instalações, faltam resgatar apenas 18 cães, estando equipas no terreno nas buscas.

Na página do Facebook, a SPAD Funchal anunciou na noite de terça-feira que "após esgotar todas as possibilidades e uma vez que as chamas já estavam a fustigar as instalações a decisão de soltar os animais foi tida em conta pela prioridade em salvar as vidas dos animais".

Cerca das 13:00, aquela sociedade fez um ponto de situação na mesma página, na qual explica que "assim que se conseguiu controlar a situação na SPAD e escarpa circundante das instalações deram-se logo início a buscas para resgatar os animais que estavam a vaguear" e que dos 120 que foram soltos (32 gatos, e 88 cães) já só falta resgatar 18 cães.

No terreno estão desde o início da tarde equipas com médicos veterinários e funcionários da SPAD nas buscas dos animais que ainda faltam.

A SPAD agradece a todas as pessoas que resgataram alguns dos animais e a toda a equipa que se encontra nas instalações em limpezas para que seja possível pôr a sociedade operacional o quanto antes.

O Funchal foi o concelho mais afetado pelos incêndios, que já provocaram três vítimas mortais na zona da Pena (Santa Luzia), cerca de mil desalojados, dezenas de casas destruídas e avultados prejuízos materiais.

Os hospitais dos Marmeleiros e João de Almada, os lares de idosos de Santa Isabel e Vale Formoso, as clínicas de Santa Luzia e Santa Catarina, além de centenas de moradias tiveram de ser evacuadas.

A zona histórica de São Pedro, na baixa da cidade, foi uma das áreas onde chegou o fogo, tendo sido necessário retirar hóspedes de uma das unidades hoteleiras.

Lusa

  • "PCP não é força de suporte do Governo"
    2:11

    País

    Ao segundo dia de congresso comunista, ouviu-se o aviso mais forte, até agora, ao PS. João Oliveira, líder parlamentar do partido, diz que o PCP não se diluiu e que não é suporte do Governo. Já Jerónimo de Sousa deixou elogios à excelente geração de jovens que estão na frente política do PCP.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.