sicnot

Perfil

País

União da Madeira quer fazer recolha de bens essenciais

O União da Madeira solicitou hoje que o seu jogo da segunda jornada da II Liga de futebol, com o Sporting de Braga B, seja disputado à porta aberta para recolher bens essenciais destinados a apoiar as vítimas dos incêndios na região.

O clube pretende aproveitar o jogo para fazer uma recolha de bens essenciais, que serão entregues a uma instituição de solidariedade social, para apoio aos desalojados dos muitos incêndios que assolam a ilha da Madeira e que já provocaram três mortos.

Por precaução, o treino de quinta-feira, que estaria agendado para o complexo do clube, na Camacha, foi alterado para o Centro Desportivo da Madeira, local onde receberá no próximo sábado o Braga B.

Anuladas ficam as ações de captação para todos os escalões de formação do clube, cujo departamento está agora a cargo do ex-treinador da Académica de Coimbra, José Viterbo, que apenas serão retomadas na próxima sexta-feira.

Os incêndios que deflagraram na segunda-feira no Funchal provocaram três mortos e cerca de mil desalojados, entre residentes e turistas.

Muitas casas e um hotel (Choupana Hills) foram afetados pelo fogo, mas os avultados prejuízos materiais não estão ainda contabilizados.

A gravidade da situação na região autónoma da Madeira levou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) a mobilizar 120 operacionais, que se juntaram a 30 dos Açores, para apoiar o combate aos incêndios.

Só no concelho do Funchal, estão mobilizados cerca de uma centena de bombeiros de duas corporações.

Lusa

  • Primeiro eclipse solar 100% visível nos EUA em 38 anos
    0:40
  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.