sicnot

Perfil

País

Capitania do Funchal recolhe corpo do mar em elevado estado de decomposição

A capitania do Porto do Funchal recolheu hoje um corpo em elevado estado de decomposição, a uma milha e meia do ilhéu do Lido, depois de um alerta dado por uma empresa de mergulho.

"O alerta foi dado por uma empresa de mergulho que avistou o corpo e nós mobilizámos os meios para o recolher", afirmou o comandante da Zona Marítima da Madeira, Félix Marques.

Devido ao avançado estado de decomposição, "não foi possível identificar de quem se trata", adiantou.

O corpo foi levado para o cais novo do Funchal, onde esteve a Polícia Judiciária, que "recolheu indícios" para uma possível identificação.

O responsável da autoridade marítima no arquipélago adiantou que, neste "tipo de casos, a polícia procura na lista de pessoas desaparecidas uma hipótese de identificação".

O alerta foi dado ao início da tarde.

Lusa

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.