sicnot

Perfil

País

Fogo dominado em Ourém, bombeiro transportado ao hospital

O incêndio em Cercal, Ourém, entrou esta quinta-feira em rescaldo às 18:00 e um operacional da Força Especial de Bombeiros (FEB) foi transportado para o hospital de Leiria, com ferimentos ligeiros, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

"Há registo de um ferido ligeiro, um elemento da Força Especial de Bombeiros, devido ao desgaste causado pelo esforço físico despendido. Foi assistido no local e, posteriormente, transportado ao hospital de Leiria", disse a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

O bombeiro pertence à equipa helitransportada da FEB estacionada em Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém.

O incêndio, que lavrou em zona florestal desde as 13:27 em Cercal, Ourém, chegou a mobilizar 200 bombeiros, 60 viaturas e dois meios aéreos, tendo entrado em fase de resolução às 18:00.

No terreno estiveram as corporações de bombeiros de Sardoal, Abrantes, Torres Novas, Fátima, Caxarias, Alcanena e Ferreira do Zêzere.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11