sicnot

Perfil

País

Governo cria grupo de trabalho para fazer reforma da floresta

LUSA

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, disse que o Governo decidiu hoje criar um grupo de trabalho para fazer a reforma da floresta, realçando também que o dispositivo de combate a incêndios tem estado a responder "com enorme determinação" aos vários fogos que assolam o país.

"Hoje mesmo o Conselho de Ministros aprovou a criação de um grupo de trabalho, composto pelos ministérios da Agricultura, do Ambiente, da Administração Interna e da Justiça, para tratar, de uma vez por todas, da prevenção estrutural e de fazer a reforma da nossa floresta", disse a Ministra.

A governante falava em Arouca, um concelho do distrito de Aveiro que, desde sábado, tem sido fustigado pelas chamas.

"A nossa prioridade atual é combater estes incêndios e depois pensarmos a sério na reforma da nossa floresta", vincou a ministra, lembrando que há dez anos foi feita uma reforma na proteção civil.

Relativamente ao combate às chamas, Constança Urbano de Sousa garantiu que "o dispositivo de combate a incêndios é robusto, capaz e bem treinado. Ao longo destes anos foi sendo desenvolvido e está adequado para fazer face a grandes fenómenos com alguma severidade", afirmou.

A governante realçou ainda que o dispositivo tem estado a responder "com enorme determinação", apesar de o país estar a atravessa um período "excecional", onde a "severidade meteorológica foi de tal forma excecional que, naturalmente, excede as previsões daquilo que seria razoável".

A ministra saudou também o esforço "absolutamente heroico" de todos os operacionais que estão no terreno no combate aos incêndios.

Com Lusa

  • Genro de Donald Trump depõe hoje no Senado

    Mundo

    Jared Kushner, genro do Presidente dos EUA Donald Trump, vai hoje depor à porta fechada perante o comité dos serviços de inteligência do Senado, a câmara alta do Congresso norte-americano.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15