sicnot

Perfil

País

Governo cria grupo de trabalho para fazer reforma da floresta

LUSA

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, disse que o Governo decidiu hoje criar um grupo de trabalho para fazer a reforma da floresta, realçando também que o dispositivo de combate a incêndios tem estado a responder "com enorme determinação" aos vários fogos que assolam o país.

"Hoje mesmo o Conselho de Ministros aprovou a criação de um grupo de trabalho, composto pelos ministérios da Agricultura, do Ambiente, da Administração Interna e da Justiça, para tratar, de uma vez por todas, da prevenção estrutural e de fazer a reforma da nossa floresta", disse a Ministra.

A governante falava em Arouca, um concelho do distrito de Aveiro que, desde sábado, tem sido fustigado pelas chamas.

"A nossa prioridade atual é combater estes incêndios e depois pensarmos a sério na reforma da nossa floresta", vincou a ministra, lembrando que há dez anos foi feita uma reforma na proteção civil.

Relativamente ao combate às chamas, Constança Urbano de Sousa garantiu que "o dispositivo de combate a incêndios é robusto, capaz e bem treinado. Ao longo destes anos foi sendo desenvolvido e está adequado para fazer face a grandes fenómenos com alguma severidade", afirmou.

A governante realçou ainda que o dispositivo tem estado a responder "com enorme determinação", apesar de o país estar a atravessa um período "excecional", onde a "severidade meteorológica foi de tal forma excecional que, naturalmente, excede as previsões daquilo que seria razoável".

A ministra saudou também o esforço "absolutamente heroico" de todos os operacionais que estão no terreno no combate aos incêndios.

Com Lusa

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.